YOU – A série que você não consegue parar de ver!

Uma das últimas séries a ser lançada na Netflix no ano passado, You, se tornou uma das melhores produções lançadas em 2018. Com uma narrativa que te impacta e vicia ao ponto que você pode se pegar torcendo pela vitória do vilão. You é uma produção sedutora, assustadora e que vem para discutir alguns problemas contemporâneos que nós mesmos fazemos sem pensar nas consequências e também traz um fato difícil de engolir: todos nós somos stalkers.

A história mostra Joe (Penn Badgley – O Dan, de Gossip Girl), gerente de uma tradicional livraria de rua, conhecendo Guinevere Beck (Elizabeth Lail), uma aspirante a escritora, e virando sua vida de cabeça para baixo. Assim que conhece Beck, Joe se vê completamente apaixonado no nível mais paroico possível e tem certeza que ela é a garota dos seus sonhos, ao ponto de fazer de TUDO para conquistá-la. Ele usa as redes sociais da garota, que se expõe bastante por meio delas, para descobrir tudo e se moldar conforme os seus gostos. O que parece uma paixão normal nos dias de hoje se transforma em uma obsessão perigosa, visto que Joe não vai parar até fazer Beck entender que eles nasceram um para o outro.

A INTERNET É UMA VITRINE

O ponto mais assustador e interessante que a produção traz é um questionamento ao telespectador: o quanto você se expõe na internet? Algumas pessoas postam de uma forma tão exagerada, que nas mãos de um  Serial Killer Stalker como o Joe, pode ser mortal.
Então, após ver a série, se você for uma pessoa que acabou naturalizando essa exposição nas redes, pode ser que você comece a repensar suas atitudes e se questionar quem é você de verdade: o que está nas suas redes ou o que você vive?

JOE

 
You acerta em colocar o telespectador sob o ponto de vista do protagonista, o misterioso e assustador Joe. Isso faz com que você se apegue mais a história e ao personagem. Por também estarmos expostos ao lado emotivo dele, pode ser que você se pegue naturalizando algumas atitudes bizarras, ao ponto de torcer para ele se dar bem. Isso acontece graças a ótima narrativa apresentada na produção e com um texto impecável, que te impacta e vicia.

O outro lado bom de acompanharmos o mais íntimo de Joe é que em certos momentos, isso acaba virando uma verdadeira piada. Acontece que em sua mente, Joe se acha fantástico, mas a verdade é que a maioria dos seus planos dão totalmente errado e por praticamente ser um Serial Killer, ele na verdade é feito de otário por Beck várias vezes e isso acaba aliviando alguns momentos mais assustadores.

Só faltou entrar o João Kleber nesse momento gritando: PARA PARA PARA!

Episódios e reviravoltas

Diferente de outras produções, ela não se aproveita do telespectador com aqueles ganchos no final dos episódios, pelo contrário, durante a história é inserido novos mistérios e acredite, tudo pode mudar de uma hora para outra. Isso tonar a série mais excitante e viciante, você não consegue mais imaginar como ela vai acabar e precisa ver tudo logo! 

Como todos os personagens tem camadas, vemos mistérios surgindo além de Joe. Peach (Shay Mitchell – a Emily de Pretty Little Liars) é uma personagem que resume bem isso, além de esconder um segredo, ela deixa a trama mais intensa por odiar Joe e sempre ir para cima dele. Além disso, Beck também consegue manter um mistério no ar, nós só sabemos o ele sabe, então quem realmente é Guinevere Beck?

A temporada conta com 10 episódios que tem, em média, 50 minutos. Apesar do número de episódios e o tempo de duração mais extenso do que o normal da Netflix em séries de baixo orçamento, o roteiro, o elenco e a produção são tão bem executadas que é muito provável que você vicie e não sinta o tempo passar.

Livro


Se você se amar You, pode também procurar pelo livro em que é baseado. Com o mesmo nome, a série foi muito bem representada na produção, mas  o livro obviamente acaba sendo superior,  por trabalhar melhor os personagens e as camadas deles, principalmente Joe. Mas se você ler não irá correr o risco de ficar decepcionado com o que assistiu na Netflix, acaba funcionando mais como um complemento.
A história é escrita por Caroline Kepnes e foi muito elogiada por escritores renomados, como Stephen King e Sophie Hannah.

Conclusão

You é uma série fantástica e tão bem executada que, talvez, seja uma daquelas produções que não necessitam de uma segunda temporada,  por correr o risco de trazer mais do mesmo, com um possível roteiro inchado como desculpa de uma sequência. Mas como Joe ainda tem muitos mistérios no ar, vamos torcer para que o seu retorno mantenham a qualidade.

Não sei qual dos dois me assusta mais

Comenta com a gente: