Cole Sprouse é preso durante protesto do movimento ‘Black Lives Matter’ na Califórnia

Depois do assassinato de George Floyd nos Estados Unidos, muitos protestos do movimento “Black Lives Matter” tomaram conta das ruas americanas e outros lugares do mundo.

No meio da multidão, podemos ver que nomes como Camila Cabello, Shawn Mendes, Halsey, Jaz Sinclair, Ross Lynch e muitos outros, também estavam nas ruas protestando.

Além de todos esses, Cole Sprouse também estava fazendo parte das manifestações que aconteceram em Santa Monica, na Califórnia, mas, em uma publicação em seu Instagram, o ator contou que foi preso junto com um grupo que protestava pacificamente.

Na legenda, Cole detalhou o que aconteceu. Olha só:

“Um grupo de manifestantes pacíficos, incluindo eu, foi preso ontem em Santa Monica. (…) Uma coisa precisa ficar clara para falar sobre as circunstâncias: Vidas Pretas Importam.

Paz, tumultos, saques são uma forma absolutamente legítima de protesto. (…) Eu fui detido em solidariedade, como muitos em Santa Monica. Foram dadas as opções de sair e fomos informados que se não recuássemos, seríamos presos. Quando muitos viraram para sair, nós vimos uma outra fila de policiais bloqueando a nossa rota, e nisso eles começaram a nos amarrar”

Além disso, Cole completou que não quer que esse acontecimento acabe desviando à atenção para o que realmente importa e que esse será seu único pronunciamento sobre o ocorrido:

“É preciso afirmar que como homem branco, heterossexual e uma figura pública, as consequências institucionais da minha detenção não são nada em comparação aos outros que estão no movimento… Este é e será o momento de permanecer em pé perto de outras pessoas à medida que a situação se agrava, fornecendo apoio educativo, demonstrando e fazendo as coisas certas.

Esse é precisamente o momento de contemplar o que significa permanecer como um aliado. Espero que outros na minha posição também façam isso.(…) Não falarei mais sobre o assunto porque não sou suficiente conhecedor para falar, não sou o assunto do movimento e não tenho interesse em desviar a atenção dos líderes do movimento”

Lembrando que hoje, terça feira (02), a hashtag #BlackoutTuesday está tomando conta das redes sociais. Hoje é um dia para refletir e estudar mais sobre o que está acontecendo no mundo. Clique aqui para entender.

Você também pode gostar de:

Bailey May faz comentário infeliz sobre movimento ‘Black Lives Matter’ e decepciona fãs

Charlie D’Amélio usa sua influência para falar de racismo e dos recentes protestos

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *