‘Special’, da Netflix, tem muitas mensagens importantes

Conheça Special , a nova série da Netflix que traz uma história muito diferente, divertida, emocionante e com uma mensagem libertadora. A produção é baseada no livro I’m Special: and Other Lies we Tell Ourselves (ainda não publicado em português), escrito por Ryan O’Connell, que também é o roteirista e interpreta ele mesmo na obra!

Sobre o que é a série?

Ryan Kayes (Ryan O’Connell), um jovem gay que sofre de uma leve paralisia cerebral, vive trancado dentro de casa por conta de sua deficiência, até que um dia decide mudar de vida e buscar sua liberdade interior. Ele arruma um estágio em um blog, vai morar sozinho e longe de sua mãe coruja, e começa a correr atrás de um relacionamento. Dá para imaginar os preconceitos que ele vai ter de encarar, né?

Para quem não sabe, paralisia cerebral é uma deficiência neurológica que compromete a coordenação muscular, dificultando até em situações rotineiras, como abrir uma caixa ou andar na rua! Para fugir de possíveis “bad vibes”, o roteiro escolhe suavizar certas situações com muito humor, ao mesmo tempo em que consegue passar várias mensagens importantes. Separamos algumas delas:

“Não crie mentiras para agradar as pessoas que não te entendem. O problema é delas!”

“Nunca é tarde para aprender a amar o seu corpo!”

“Se você é uma pessoa privilegiada na sociedade, use essa vantagem para ajudar as que não são!”

“É duro fugir de quem você é”

A série “Special” não se encaixa no termo “padrão” de nenhuma forma, nem por sua sinopse, pelo seu personagem ou a sua duração, tendo apenas oito episódios de quinze minutos! Mas é exatamente por essa desconstrução total que a obra entrega uma história que é genuinamente atual, divertida e relevante para qualquer pessoa assistir. Outra coisa que faz com que o público se apegue facilmente é o modo como o roteirista constrói a própria história, contando de uma maneira muito sincera, como se nós fossemos seus amigos mais próximos.

Se você se interesse por séries inclusivas que utilizam do humor para quebrar vários padrões, separamos algumas dicas (são poucas, infelizmente):

Speechless

A série mostra Maya DiMeo (Minnie Driver), uma mãe louca por sua família, o marido Jimmy (John Ross Bowie) e os filhos deles, Dylan (Kyla Kenedy), Ray (Mason Cook) e JJ (Michah Fowler), que possui paralisia cerebral. Maya irá fazer de tudo para lutar contra as injustiças reais e imaginárias para conquistar um novo lar. A série já tem três temporadas!

Atypical

Sam (Keir Gilchrist) é um adolescente que vive com autismo e que está tentando se descobrir e lutar pela sua independência, o que coloca sua família – e sua mãe super protetora, Elsa (Jennifer Jason Leigh) – em uma jornada de mudanças positivas. A terceira temporada de Atypical já foi confirmada, mas ainda não tem uma data de estreia!

E você, já assistiu Special? Conta para a gente!

E aí, gostaram?

Comenta com a gente: