Por que assistir a ‘Sintonia’, nova série brasileira da Netflix

A Netflix tem investido muito em produções nacionais, como vimos nos seus últimos sucessos, 3% e Coisa Mais Linda. E o serviço de Streaming finalmente percebeu que a gente ama ver coisas que abordem a realidade do nosso país, junto a histórias que misturem ficção e que aproveitem para contar mais da nossa cultura.

Agora é a vez de mais uma série que explora tudo isso citado acima: Sintonia, cujos roteiro e direção são feitos pelo maior produtor de funk ostentação do mundo, Konrad Dantas, mais conhecido como KondZilla!

LEIA MAIS: 5 MOMENTOS DA SÉRIE ‘COISA MAIS LINDA’ QUE MOSTRAM O QUE É SORORIDADE

Sobre o que a série fala?

View this post on Instagram

Porque eu tava looooouca pra postar essa foto e sempre ouvia: so depois da estreeeeia! Pois bem! Essa minha carinha é de choro mesmo, nao só porque esse foi meu ultimo dia de gravaçao e ultima cena!!! Mas tb, e principalmente, porque tivemos momentos quase que catarticos, de muita gratidao, compartilhamento, troca, poesia e amizade!!! Que momento lindo meus amigos, em frente as cameras e por detras dela! Obrigada @johnnyaraujodir por doar sua historia e sua experiencia pra que essa cena fosse realizada!! E @kond por doar tambem sua vivencia e experiencia para botar no papel seu sonho e objetivo!!! E meu muito obrigada a todes que estavam nao so nesse dia mas em todo o processo. Equipe maravilhosa, minha vontade agora é de marcar toooooodxss mas nao consigo essa proesa. Na verdade eu tentei, mas nao consigo encontrar todos aqui, ou vou esquecerhahahah daquele jeito!! Vai minha admiracao e agradecimento!!!! Tmj familia SINTONIA!!!!!! Registro @rafaelmorse #sintonia #sintonianetflix #sintoniapelomundo #netflixbrasil #netflix #brunamascarenhas #christianmalheiros #jottape #losbragas #maratonar #maratonarseries #seriesnetflix #serie #estreiamundial #estreia #actress #atriz #audiovisual #audiovisualbrasileiro #bastidores #fotosbastidores

A post shared by Bruna Mascarenhas (@brunamascarenhasbm) on

Criados juntos na quebrada de São Paulo, MC Doni (João Pedro Carvalho, também conhecido como MC Jottapê), Nando (Christian Malheiros) e Rita (Bruna Mascarenhas) são três amigos que desenvolveram uma grande amizade e estão correndo atrás dos seus sonhos, rodeados por música, drogas e religião. Cada um deles transforma suas experiências de infância em caminhos muito diferentes, até o momento em que percebem que precisam um do outro para sobreviver.

Por que assistir a Sintonia?

Um retrato muito fiel e sincero da periferia

Não são poucos os filmes nacionais que abordam o cenário das favelas brasileiras. Porém, a diferença de “Sintonia” é que ela busca trazer uma visão bem fiel de como é realmente ser morador de uma comunidade humilde, onde a esperança de uma vida melhor se encontra em se tornar um astro do funk, ir para a igreja ou, infelizmente, o trágico caminho das drogas.

Mas é justamente dentro desses três pontos que a diferença da produção surge. Ela busca mostrar os dois lados dessas escolhas, mostrando que nem sempre ser um astro do funk é fácil, ou que fazer parte da igreja significa ser uma pessoa boa, mas sim alguém dominado pelo medo. Ao mesmo tempo, não quer dizer que quem se envolve com o crime organizado da comunidade e faz atrocidades seja essencialmente ruim, mas apenas alguém tão assustadx quanto os que frequentam a igreja.

Assim, entrando na profunda e dura realidade dos moradores das favelas brasileiras, “Sintonia” tenta mostrar que não se deve julgar quem toma esses caminhos não tão seguros, pois em sua maioria elas são induzidas pelo medo e falta de esperança.

Personagens carismáticos

Uma coisa que faz a série ganhar o seu brilho particular é a boa construção de personagens e o excesso de carisma. KondZilla, roteirista da série, conseguiu construir um texto com diálogos e personagens reais, daquelas que vivemos encontrando por aí, até mesmo na maneira em que se expressam, com muitas gírias atuais.

Por mais que Doni seja o personagem que ganha mais espaço na história, o ponto alto é Nando. Um jovem que, ao mesmo tempo em que se envolve com o crime e se vê obrigado a fazer atrocidades para sobreviver, mostrando-se alguém que ama e respeita muito seus amigos e familiares.

Essa dualidade faz com ele vá ganhando cada vez mais atenção do público. Além disso, seu intérprete, Christian Malheiros, apresenta uma atuação impressionante, vivenciando Nando como um rapaz que faz de tudo para segurar as suas emoções, mesmo estando perto de explodir de desespero por causa dos perigos em que está se metendo.

Muita música boa!

A música feita na periferia, principalmente o funk brasileiro, sempre sofreu muito preconceito, principalmente por abordar questões sociais que são vistas de maneira errônea pela sociedade brasileira. “Sintonia” também vem para quebrar esse tabu, mostrando que o funk deve ser respeitado como qualquer outro tipo de música e que, no fundo, todo mundo ama dançar até o chão ao som do batidão.

Junto a isso também temos uma seleção de funks incríveis na sua trilha sonora. Além de apresentar artistas que já conhecemos, como MC Kevinho, ele também aproveita para trazer músicas novas feitas pelos próprios personagens. Incrível!

Participações especiais

Aliás, falando em funk bom, se você curte o gênero também vai gostar de “Sintonia” pelo fato de trazer as participações especiais de funkeiros que são grandes parceiros de KondZilla e estão super em alta, como MC Kekel, Dani Russo, MC Dede, DJ RD, DJ Pancadão, MC Hollywood, Tropkillaz e muitos outros.

LEIA MAIS: FÃ INVADE O PALCO NO SHOW DE DANI RUSSO. VEJA O QUE ROLOU!

“Sintonia”, que mal estreou, mas já vem chamando muita atenção do público e da crítica, conta com seis episódios de 45 minutos de duração.

E não deixe de conferir o Na Sua Cola com Jottapê, ou Mc Doni na série. O FESTIVAL TEEN acompanhou um show do funkeiro, que também falou sobre “Sintonia” e fez a tag #MinhaPrimeiraVez. Está imperdível!

LEIA MAIS: A TRILHA SONORA DE ‘GATUNAS’, DA NETFLIX, É TÃO BOA QUANTO A SÉRIE

E aí, gostaram?

Comenta com a gente: