Cinco motivos para se viciar em ‘Gatunas’, nova série da Netflix

Com tantas séries chegando ao catálogo da Netflix, está cada vez mais difícil descobrir qual realmente é boa e vale gastar o nosso tempo, não é? Mas se você estava realmente procurando algo para se divertir, se emocionar muito e ficar viciado, aqui vai uma dica perfeita: Gatunas!

Apesar do título nacional não ser nada chamativo (O nome original é Trinkets que, traduzido de forma literal, significa “bugigangas”, mas também é usada para denominar joias pequenas), Gatunas é uma das melhores séries adolescentes que a Netflix fez até agora! Ela foge do clichê e traz uma história de amizade perfeita, com um elenco mais perfeito ainda.

Sobre o que é a série? 

Moe (Kiana Madeira), Tabitha (Quintessa Swindell) e Elodie (Brianna Hildbrand – A Míssil Adolescente Megassônico, de Deadpool) são três adolescentes com realidades completamente diferentes, que acabam desenvolvendo uma amizade improvável ao frequentarem entediantes reuniões do grupo de apoio “Furtadores Anônimos”.

Com apenas 10 episódios de meia hora, Gatunas é muito dinâmica, você nem sente o tempo passar.  Pensando nisso, listamos cinco motivos para te convencer a assistir Gatunas agora:

ELENCO

Todo o elenco de Gatunas é muito bom. Mas são as três atrizes protagonistas que chamam muita atenção. Kiana Madeira, Quintessa Swindell e Brianna Hildbrand são extremamente carismáticas, demonstram estar muito à vontade em seus papeis, emocionam e, diferente de muitas produções jovens, elas realmente se parecem e agem como três adolescentes.

TRILHA SONORA

Se você gosta de séries que trazem boas trilhas sonoras, vai amar Gatunas! Com músicas adolescentes bem atuais e estilosas, elas casam muito com a estética que a série apresenta em sua fotografia e em seu roteiro. Outro ponto muito interessante é que Gatunas faz uma seleção de artistas Indie mais alternativos, fazendo com que o público também conheça muitas canções.

SUBTRAMAS

Mesmo focando na temática de jovens que sofrem com esse transtorno impulsivo de cometer pequenos furtos, Gatunas apresenta várias outras subtramas interessantes e relevantes! Relacionamentos abusivos, problemas  familiares e o vicio nas redes sociais são alguns deles. Todos esses temas são apresentados de maneira bastante honesta, sem ficar colocando os jovens como vilões ou mocinhos, mostrando que todo mundo tem problemas e toma atitudes erradas, mas o que torna uma pessoa ruim ou não é como ela lida com este problema.

DIVERSIDADE

Além da óbvia importância de trazer personagens de diferentes gêneros e etnias, é muito positivo quando isso não é o ponto principal, isto é, quando toda essa relação é naturalizada. Por isso Gatunas não só acerta na diversidade, como também trabalha o tema com extremo respeito. Outro ponto que torna a produção realmente representativa é que a atriz que interpreta a jovem Elodie, Brianna Hildbrand, é lésbica (como a sua personagem)!

View this post on Instagram

Nutella 2016

A post shared by Brianna Hildebrand (@briannahilde) on

Em diversas entrevistas, Brianna já falou como foi difícil o seu início de carreira por conta da sua sexualidade, que muitos empresários queriam esconder isto e outros nem chegavam a dar uma chance a ela. Só o fato de uma personagem lésbica ser interpretada por uma atriz que também é lésbica já faz Gatunas acertar na representatividade.

AMIZADE

Por mais clichê que pareça ser colocar três adolescentes disfuncionais em um lugar comum para desenvolver uma amizade improvável, o bom roteiro e o elenco fazem com que a amizade soa extremamente real. É muito provável que você se emocione em ver como elas estão ali sempre ajudando umas as outras, independente do que seja, chegando até a se sacrificarem pelo bem das amigas, como uma amizade sincera deve realmente ser.

E você? Já assistiu Gatunas? Gostou? Conta para a gente!

E aí, gostaram?

Comenta com a gente: